Menu

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Kino-Olho na Palma de Ouro com o Curta-metragem A Moça Que Dançou Com o Diabo



O filme “A Moça que Dançou Com o Diabo” do grupo Kino-Olho no qual sou diretora de artes foi selecionado para a Palma de Ouro do Festival de Cinema de Cannes deste ano, 2016.



Ninguém disse que seria fácil, e muitas disseram que seria impossível. Mas nós provamos que não.

Participar do Festival de Cannes no ano passado com o filme na mostra competitiva paralela Semana da Crítica com o filme Command Action já foi algo incrível. Foi maravilhoso.

Ir pessoalmente ao Festival de Cannes foi algo surpreendente. Um sonho realizado. Agora, ter o seu curta-metragem selecionado para a Palma de Ouro, conseguiu superar todos os sentimentos anteriores.


Fotos das apresentações na Semana da Crítica 2015 - mostra paralela do Festival de Cinema de Cannes


Na terça-feira – 12/04/16 recebemos a notícia, a euforia e ansiedade foi tanta que pela primeira vez na vida senti isso na pele. Ânsia, dor de cabeça. Isso porque imaginava que já estava acostumada. Mas quem em sã consciência pode afirmar que já está acostumada a receber a notícia que o seu filme está na Palma de Ouro?

Ontem quando acordei (atrasada para a academia, claro) meu celular não parava de vibrar. A notícia que acreditávamos que tínhamos que guardar em segredo até hoje, dia 14, já estava nos maiores meios de comunicação de todo país. Veja, G1, Exame, O Globo, Folha, Estadão, etc. Já éramos notícias.

Pessoas parabenizando, adicionando, querendo saber mais a respeito... A luta pela verba que precisamos para finalizar de acordo as normas do festival, entrevistas... Mas uma vez a mesma história do ano passado, só que dessa vez maior.

Nós sabíamos que não seria fácil, mas também nunca pensamos que era algo impossível.


Fotos do Festival de Cinema de Cannes 2015


Desde que comecei a realizar o sonho de trabalhar com cinema me senti feliz apenas por estar fazendo aquilo que tanto queria, e tinha certeza que daria certo, só não imaginava que tudo iria acontecer tão rápido.

Ainda temos uma longa estrada pela frente. Muita batalha para enfrentar. Mas tudo isso só me confirmou que ninguém NUNCA deve desistir dos seus sonhos. E pode parecer clichê, mas SEMPRE que alguém falar para você desistir, que é impossível, NUNCA dê ouvidos! É muito provável que não será fácil, mas com certeza, se você persistir e lutar, não será impossível.

A cria e o criador. Eu e Mamys - minha assistente de Direção de Arte (que é prof. de Artes e artista plástica) e quem me ensinou muito mais do que apenas arte - durante as gravações do curta-metragem "A Moça Que Dançou Com o Diabo"


Quase não realizamos esse curta. Não havia verba. Novamente teríamos que fazer outro filme sem apoio, vendendo rifas para cobrir gastos mínimos como lanches para a equipe. Mas a equipe se uniu e foi a luta. Não poderíamos ficar um ano sem filmar, sem criar. Nosso amor pelo o que fazemos não deixou. E quando poucos acreditaram, nós acreditamos!

Making Off do filme "A Moça Que Dançou Com o Diabo"

Sim! O curta-metragem “A Moça Que Dançou Com o Diabo” do grupo Kino-Olho tendo como diretor o João Paulo Miranda foi selecionado para um dos prêmios de maior prestigio do cinema A Palma de Ouro do Festival de Cannes! 

Kino, Kinetes, atores e agregados... parte da equipe do filme "A Moça Que Dançou Com O Diabo 👿 "